20060511

Sob a guarda do Império americano

O consultor internacional, Pedro Souza Leão Regina, da britânica Anchorage Capital Partners salientou que "as pretensões de líder que o Brasil tinha já afundaram, não pode se dizer com seriedade que Lula é um líder regional, líder regional é o Chávez". Doi anos atrás, quando os cerca de 60 líderes europeus e latino-americanos se reuniam para um evento em Guadalajara, no México, o presidente brasileiro era recebido como o "líder natural da região" – expressão usada pelo primeiro-ministro espanhol, Jose Luis Zapatero, na época. Segundo Francisco Panizza, analista em Mercosul da London School of Economics, " o Brasil exercia uma liderança regional importante, mas, no último ano, tem perdido esse papel porque Chávez tem disputado com Lula". Na verdade essas opiniões são muito evasivas e opostas ao pensamento da União européia e dos EUA. 'Talvez as águas do Atlântico' estejam criando uma lacuna entre os especialistas ingleses, quanto aos assuntos que envolvem a América do Sul. É óbvio que Chávez busque a liderança regional, mas a sua disputa com o Brasil é um tanto que camicase, já que és ciente da posição do Brasil em relação a ONU e aos EUA, sem contar que a política do governo brasileiro é centro-esquerdista, que agrada de certa forma a 'gregos e troianos'. Foto: AP / Texto: by Ton

Divulgue o seu blog!