20060704

O Congresso Nacional desperta para os apátridas

Existe mais de 200 mil brasileirinhos nascidos no estrangeiro desde de 1994, com o risco de perderem a nacionalidade brasileira ao chegarem aos 18 anos. Embora uma grande parte tenha outra nacionalidade, como os nascidos nos Estados Unidos ou os [filhos] de casais mistos. A deputada federal Maria José Maninha (PSOL -DF) resolveu abraçar a causa dos apátridas e em discurso no Congresso Nacional ressaltou que "3 milhões de brasileiros vivem no exterior, dentre eles, 200 mil crianças apátridas. Esse número cresce na base de 18 mil nascimentos por ano. Ou seja, se não for votada a emenda 272, eles serão por volta de 300 mil em 2012, quando começarão a ser retirados os passaportes dos que chegarem aos 18 anos", disse Maninha. Com esse despertar e discurso, espera-se agora que os nobres parlamentares se mobilizem e votem a emenda 272 já citada aqui neste Blog. Texto by Ton.

Divulgue o seu blog!