20061031

"TV não elege, mas ajuda a derrubar"

Segundo o colega jornalista Antônio Brasil a televisão brasileira teve um papel fundamental nas campanhas eleitorais. Quem soube fazer TV com um mínimo de competência foi eleito. Televisão no Brasil é mais importante do que a maioria das nossas instituições políticas. Televisão no Brasil é mais poderosa do que qualquer partido político. A TV não elege. Mas, no Brasil, influencia a opinião pública e pode “derrubar” presidentes. Bem , mas a questão é que no Brasil, a TV se confunde com uma única empresa. A Rede Globo. Ela não elege presidente. Mas nesses últimos dias, na virada do primeiro turno, deu uma demonstração inquestionável da sua força. De acordo com Brasil no momento a TV Globo está meio adormecida, mas não morta!!! Ainda digere as vantagens e os privilégios obtidos com a “providencial” decisão do governo Lula pela implantação de um sistema de TV digital no últimos dia do seu primeiro mandato. Trata-se do sistema japonês com tecnologia híbrida nacional, ou seja, a TV Globo com todo seu poderio empresarial no ramo das comunicações participou ativamente em várias reuniões junto ao governo federal para que o sistema de operação digital atendesse suas expectativas comerciais, já que as Organizações Globo detém redes operadoras à Cabo e por Satélite, além da própria TV Globo de sinal aberto UHF. No entanto, a decisão do Ministério das Comunicações em decidir a qual sistema de TV Dgital o Brasil adotaria, pode ter sido mera coincidência ou até mesmo produto de negociações secretas entre algumas empresas e governo. Para o Brasil "o tempo, a história ou o jornalismo investigativo se encarregará de revelar a verdade. Afinal, o que não falta nesse governo, são vazamentos de informações de “inteligência” consideradas estratégicas e confidenciais. Tem muitos “meninos aloprados” soltos por aí tentando ajudar o governo a governar", comenta o jornalista que ajudou, nos anos setenta, a montar o escritório da TV Globo em New York e em Londres com a companhia do atual Ministro Hélio Costa, que na época também era colega de empresa de Brasil. PS. A TV digital permitirá aos usuários receber sinal de tv aberta em celulares, palm´s e até mesmo nos carros de praça, como mostro na foto acima da agência Folha. Fonte: Comunique-se. Texto by Ton.

Divulgue o seu blog!