20061113

"LEITURA DE DOMINGO - Nº 02"

"PRESIDENTE LULA, MINISTÉRIOS E POLÍTICOS - O Brasil é um país que possui políticos bem intencionados, mas a maioria, fica abaixo da MMGH - Média Mínima de Grandeza Humana, índice que um dia, será reconhecido pela ONU. São 506 anos de história e nesses séculos, aconteceram fatos e fatos: escravidão, perseguição aos menos favorecidos, miséria quase absoluta, revoluções sufocadas, cangaço, racismo e por último, o empobrecimento intelectual de quase toda população jovem e adulta. A distribuição de renda é tão desigual que até as manchetes dos jornais sensacionalistas (tipo paparazzo), perdem espaço, à medida que são estampadas notícias retratando os recordes negativos brasileiros no IDH - Índice de Desenvolvimento Humano.

O Governo do “Presidente Lula” tem a responsabilidade de não cometer os mesmos erros neste segundo mandato. Será cobrado pelos eleitores que depositaram um voto de confiança, e questionado, por aqueles que não confiam na sua capacidade política e administrativa. O crescimento do país deverá ser o marca-passo fundamental dos próximos quatro anos. Se o “coração brasileiro” parar de bater, o povo não saberá perdoar. Quais serão os médicos e enfermeiros responsáveis pelo combate à doença crônica, Inercias brazilis, diagnosticada e isolada no Hospital Brasil? Os mesmos indivíduos incompetentes de governos passados e atuais serão contemplados com os cargos do Leilão Brasil? A sociedade não aceitará doses homeopáticas para o combate a esse tipo de câncer bem brasileiro e conhecido por: Corruptus safadus. Qual será a dose e o tipo do remédio?

Os belos e problemáticos “Brasis” - gigantes por natureza e anões na esperteza - possuem Universidades de Norte a Sul, e estas, a capacidade incontestável de monitorar a corrida da “Locomotiva Brasil”. Os que se acham sábios e estrategistas, querem sozinhos, conduzir o “Trem Tupiniquim”, e ao mesmo tempo, realizar as tarefas de maquinistas e foguistas - estamos atrasados! Toda viagem necessita de planejamento! Existem pontes, viadutos, barreiras naturais, artificiais, e o tempo com suas mudanças bruscas, pode causar acidentes no percurso. Qual é o motivo da não utilização de cientistas, pensadores e infra-estrutura geral (formada por mão de obra especializada), na escolha e coordenação dos Ministérios do Governo Lula?

Quem anda na cabeça dos outros: é piolho... Quem ouve a sabedoria: é filósofo! Quem anda nos trilhos do planejamento: é o desenvolvimento!" Autor: Lailton Araújo.

Divulgue o seu blog!