20070625

Amazônia em risco...

Qual a diferença entre conservação e preservação?
Conservação é a administração de recursos naturais para fornecer o benefício máximo por um período de tempo estável. A preservação estabelece práticas que asseguram a proteção integral dos recursos naturais.
O que significa Unidade de Conservação?
Áreas delimitadas do território nacional que contém recursos naturais de importância ecológica ou ambiental e, por isso, são especialmente protegidas por lei. A partir de então, são observadas suas características naturais e estabelecidos os principais objetivos de conservação e o grau de restrição à intervenção humana. Além das terras indígenas, atualmente, o Brasil possui várias categorias de unidade de conservação, definidas pelo Sistema Nacional de Unidade de Conservação. Visite: http://www.mma.gov.br/port/sbf/dap/doc/snuc.pdf
Sustentabilidade e conservação:
Qualquer ação que pretenda ter coerência com o ideário da sustentabilidade deve estar baseada no saber das populações tradicionais. São os índios, caiçaras, quilombolas, caboclos, ribeirinhos e extrativistas que detêm o conhecimento mais sofisticado sobre a história de usos das florestas, sua variabilidade geográfica, taxonomia, ecologia, usos e manejo das espécies de plantas e animais, entre outros conhecimentos fundamentais para uma tomada coerente de decisões. Na maior parte dos casos, a comunidade técnica e científica simplesmente os desconhece e/ou ignora. Felizmente o interesse técnico e científico nas etnociências tem aumentado velozmente nos últimos anos, como indicado pelo crescente interesse em eventos e instituições relacionadas com a etnoecologia. é hora de refletir sobre conservação e não preservação - que amarra e prende o ato de desenvolvimento de um povo e uma nação!. Fontes: Revista Ambiente e Sociedade, Villas-Boas, Mixideias, Carta Ton ao CEBEU. By Ton.

Divulgue o seu blog!