20070621

Bush acusa Brasil e Índia no caso Doha

Brasil e Índia decidiram se retirar de negociações para a liberalização do comércio mundial de que participavam junto com a União Européia e os Estados Unidos em Potsdam, na Alemanha. Em uma coletiva com o ministro de comércio e indústria da Índia, Kamal Nath, o ministro das Relações Exteriores do Brasil, Celso Amorim, disse que os dois países consideravam inútil continuar participando da reunião do chamado G4 por causa de desavenças com os europeus e americanos sobre subsídios à agricultura e barreiras comerciais. Os dois temas têm sido apontados repetidamente como causas do fracasso de negociações desde que a chamada Rodada Doha da OMC (Organização Mundial do Comércio) foi lançada, há seis anos. "O presidente está desapontado com alguns países que estão bloqueando a oportunidade de se expandir o comércio", disse nesta quinta-feira o porta-voz da Casa Branca Tony Fratto. George W. Bush, acusou o Brasil e a Índia de bloquear as negociações na Organização Mundial do Comércio (OMC) que, segundo ele, poderiam levar a um acordo que beneficiaria países menores. "Grandes economias como Brasil e Índia não deveriam impedir o progresso para países menores, nações pouco desenvolvidas, mas isso parece ser o que aconteceu na Alemanha nesta semana." Fonte: BBC Brasil. By Ton.

Divulgue o seu blog!