20070918

MANIFESTO DE IMPRENSA...

Texto extraído de um manifesto que está em circulação pelas ondas da Internet, trata-se de um ato de alerta e sobreaviso a toda sociedade democrática deste país:

"PERIGO NO AR - Depois das declarações do Lula sobre "mulher deve ser dengosa com o seu homem, senão ele põe o cuecão e volta a dormir"......Depois da ministra do turismo, a dona Marta Suplicy mandar a população que perde vôos, "relaxar e gozar"......Depois que o Renan Calheiros, usar seu dinheiro (do seu imposto, caro contribuinte) para apagar suas escapadinhas de um casamento monótono......Depois do irmão do Lula virar apenas "ingênuo", quando confabulava nos bastidores para se apropriar da grana alheia......Depois de tanta gente ficar impune e até reeleita como o Valdemar da Costa Neto e outros......


TEM CHEIRO DE PERIGO NO AR! - Independente do partido político a que vocês simpatizem essa notícia é preciso divulgar e se indignar, pois voltar a ditadura será o fim da picada nesta altura de nossas vidas!!!Realmente estamos sob novo AI-5, neste governo do Lula.
O Boris Casoy foi calado, despedido por ordem do Lula. Agora, o Jabor foi processado, condenado, calado por ordem do Lula. um escândalo!!!... A imprensa divulgou a sentença que condenou o Jabor a pagar indenização por danos morais, dois dias antes do Juiz assinar a sentença. Agora o Jabor foi calado na CBN....Há Medida Provisória enviada pelo Lula ao Congresso, instituindo a censura prévia aos programas de rádio e TV.Estou gritando CENSURA PRÉVIA, inclusive aos programas jornalísticos.
Os censores já estão nomeados. São muito jovens com a participação de estudantes da Universidade de Brasília (todos DEMENTES e Petistas é claro).... Agora só faltam as torturas e desaparecidos. Vamos denunciar isto pela Internet e por todos os meios que pudermos. Arnaldo Jabor expulso da CBN!!!

Motivo da Dispensa do comentarista de tal emissora de Rádio;
A VERDADE ESTÁ NA CARA, MAS NÃO SE IMPÕE
Texto de Arnaldo Jabor
O que foi que nos aconteceu? No Brasil, estamos diante de acontecimentos inexplicáveis, ou melhor,"explicáveis" demais.Toda a verdade já foi descoberta, todos os crimes provados, todas as mentiras percebidas.Tudo já aconteceu e nada acontece. Os culpados estão catalogados, fichados, e nada rola.A verdade está na cara, mas a verdade não se impõe. Isto é uma situação inédita na História brasileira! Claro que a mentira sempre foi a base do sistema político, infiltrada no labirinto das oligarquias, mas nunca a verdade foi tão límpida à nossa frente e, no entanto, tão inútil, impotente, desfigurada. Os fatos reais: com a eleição de Lula, uma quadrilha se enfiou no governo e desviou bilhões de dinheiro público para tomar o Estado e ficar no poder 20 anos. Os culpados são todos conhecidos , tudo está decifrado, os cheques assinados, as contas no estrangeiro, os tapes, as provas irrefutáveis, mas o governo psicopata de Lula nega e ignora tudo. Questionado ou flagrado, o psicopata não se responsabiliza por suas ações. Sempre se acha inocente ou vítima do mundo, do qual tem de se vingar. O outro não existe para ele e não sente nem remorso nem vergonha do que faz. Mente compulsivamente, acreditando na própria mentira, para conseguir poder. Este governo é psicopata!!!Seus membros riem da verdade, viram-lhe as costas, passam-lhe a mão nas nádegas. A verdade se encolhe humilhada, num canto. E o pior é que o Lula, amparado em sua imagem de "povo", consegue transformar a Razão em vilã, as provas contra ele em acusações "falsas", sua condição de cúmplice e Comandante em "vítima". E a população ignorante engole tudo. Como é possível isso?Simples: o Judiciário paralítico entoca todos os crimes na Fortaleza da lentidão e da impunidade. Só daqui a dois anos serão julgados os indiciados - nos comunica o STF. Os delitos são esquecidos, empacotados, prescrevem. A Lei protege os crimes e regulamenta a própria desmoralização. Jornalistas e formadores de opinião sentem-se inúteis, pois a indignação ficou supérflua. O que dizemos não se escreve, o que escrevemos não se finca, tudo quebra diante do poder da mentira desse governo.Sei que este é um artigo óbvio, repetitivo, inútil, mas tem de ser escrito.... Está havendo uma desmoralização do pensamento.Deprimo-me: " Denunciar para quê, se indignar com quê?Fazer o quê?". A existência dessa estirpe de mentirosos está dissolvendo a nossa língua. Este neocinismo está a desmoralizar as palavras, os raciocínios. A língua portuguesa, os textos nos jornais, nos blogs, na TV, rádio, tudo fica ridículo diante da ditadura do lulo-petismo. A cada cassado perdoado, a cada negação do óbvio, a cada testemunha, muda, aumenta a sensação de que as idéias não correspondem mais Aos fatos! Pior: que os fatos não são nada - só valem as versões, as manipulações. No último ano, tivemos um único momento de verdade, louca, operística, grotesca, mas maravilhosa, quando o Roberto Jefferson abriu a cortina do país e deixou-nos ver os intestinos de nossa política. Depois surgiram dois grandes documentos históricos: o relatório da CPI dos Correios e o parecer do procurador-geral da República.São verdades cristalinas, com sol a Pino.E, no entanto, chegam a ter um sabor quase de "gafe". Lulo-Petistas clamam:"Como é que a Procuradoria Geral, nomeada pelo Lula, tem o desplante de ser tão clara!Como que o Osmar Serraglio pode ser tão explícito, e como o Delcídio Amaral não mentiu em nome do PT?Como ousaram ser honestos?". Sempre que a verdade eclode, reagem. Quando um juiz condena rápido, é chamado de "exibicionista" . Quando apareceu aquela grana toda no Maranhão (lembram, filhinhos?), a família Sarney reagiu ofendida com a falta de "finesse" do governo de FH, que não Teve a delicadeza de avisar que a polícia estava chegando... Mas agora é diferente. As palavras estão sendo esvaziadas de sentido. Assim como o stalinismo apagava fotos, reescrevia textos para contestar seus crimes, o governo do Lula está criando uma língua nova, uma neo-língua empobrecedora da ciência política, uma língua esquemática, dualista, maniqueísta, nos preparando para o futuro político simplista que está se consolidando no horizonte. Toda a complexidade rica do país será transformada em uma massa de palavras de ordem, de preconceitos ideológicos movidos a dualismos e oposições, como tendem a fazer o Populismo e o simplismo.Lula será eleito por uma oposição mecânica entre ricos e pobres, dividindo o país em "a favor" do povo e "contra", recauchutando significados que não dão mais conta da circularidade do mundo atual. Teremos o "sim" e o "não", teremos a depressão da razão de um lado e a psicopatia política de outro, teremos a volta da oposição Mundo x Brasil, nacional x internacional e um voluntarismo que legitima o governo de um Lula 2 e um Garotinho depois.Alguns otimistas dizem: "Não... este maremoto de mentiras nos dará uma fome de Verdades”!”.

Assim sendo após as palavras de Jabor eis a hora das mentes pensantes a refletir sobre as ações sombrias de uma suposta equipe subliminar de um governo eleito pelo povo e para o povo. Hoje não temos mais Tancredo Neves, Ulisses Guimarães, nem tão pouco Vladimir Herzog, mas ainda há vozes ecoando pela mídia como a de Jabor, resta saber onde estão os demais colegas de profissão? O Jornal da Globo bem que tenta ser imparcial, o Estado de São Paulo também, a Veja só se envolve com denuncismo sem elo de fechamento, então, fujam para os blogs!!! . Fonte Felipe Gori.
Edição de texto by Ton.

Divulgue o seu blog!