20071114

Que tipo de energia o mundo utiliza?

A demanda global por energia aumentou nos últimos 150 anos, acompanhando o desenvolvimento industrial e o crescimento populacional. Especialistas prevêem que a sede por energia deve continuar a crescer em ao menos 50% até 2030, à medida em que países em desenvolvimento como a China e a Índia procurarem manter seu rápido crescimento econômico. As maiores fontes da energia mundial (responsáveis por cerca de 80% da energia consumida no mundo no momento) são o carvão, o petróleo e o gás natural - os chamados "combustíveis fósseis" por terem surgido séculos atrás a partir de restos de plantas e animais mortos, ricos em carbono. No entanto, essas são fontes que um dia vão se esgotar. Nas últimas décadas, também tem aumentado a preocupação sobre o impacto ambiental desses combustíveis.

Especialistas em clima alertam que as emissões de gases do efeito estufa, criados pela queima de combustíveis fósseis e por outras atividades humanas, precisam ser reduzidas substancialmente para evitar mudanças climáticas perigosas. A pressão para substituir os combustíveis fósseis colocou em evidência as chamadas fontes renováveis de energia - como, por exemplo, o Sol e os ventos. Mas elas também enfrentam desafios: as tecnologias viáveis ainda estão se desenvolvendo, e os custos de instalação tendem a ser altos. Essas fontes de energia não devem conseguir uma fatia muito significativa do mercado dentro dos próximos 25 anos.

No Brasil essa realidade de custos e otimização de tecnologia pode ser revista no quesito energia renovável, desde que haja uma política clara e evidente junto ao setor de geração de energia limpa. É necessário que o governo brasileiro acredite em seus cientistas e profissionais do setor para dar início a jornada de energia hidrelétrica de baixas quedas, com tecnologia nuclear na geração de energia elétrica através da força das águas. Já temos essa tecnologia, resta agora alguém acordar para tal urgência de energia limpa e sua aplicabilidade sem a presença de lobistas dos petro-dólares. Fontes: BBC Brasil - Caderno Especial de Energia. Clayton Fernandes - Energia hidrelétrica.

Divulgue o seu blog!