20080128

Angra 3 ficará apenas no papel?

Vem ai o apagão três! Depois da breve retomada do crescimento econômico, cerca de 4,2% em 2007, o Brasil irá contemplar o amargo retorno do apagão elétrico. Em cinco anos de administração Dilma Rousseff, linha dura da Casa Civil, o governo do presidente Lula quase que nada fez no quesito geração de energia. Os canteiros de obras das usinas hidrelétricas estão lentos, as usinas térmicas que deveriam suprir a falta de água dos reservatórios, estão inoperantes devido a falta de gás natural proveniente da Bolíva. A planta de geração prevista para o Madeira deve sair só após 2017, mesmo fazendo parte do PAC -Plano de Aceleração do Crescimento. Com a possível investidura nas obras da hidrelétrica do rio Madeira, o lançamento de Angra 3 não deve sair do papel na gestão Lula, uma vez que o governo não terá capital suficiente para tocar Madeira e Angra 3 simultaneamente, lembrando que a verba destinada a hidrelétrica vem de fundos de Furnas, o mesmo que deveria aportar capital em Angra 3. É chegada a hora das empresas se mobilizarem para cobrarem do governo medidas enérgicas em relação ao parque gerador de energia nacional, sabe-se que existem alternativas de geração no campo de energia renovável, como as Pequenas Centrais Hidrelétricas. Vale ressalvar que a China cresce com a utilização desse tipo de geração de energia, o Brasil no passado recente teve a criação de suas principais cidades e pólos industriais ao lado de pequenas centrais hidrelétricas. Senhor presidente dê espaço a geração de energia renovável através da PCHs, a tecnologia para geração nesse segmento já é uma realidade nacional, mesmo sem o apoio do FINEP.. veja o site de bbtenergia.com.br Texto by Ton.

Divulgue o seu blog!