20080917

Brasil leva luz para mais de 8,4 milhões de pessoas

O Brasil deve levar energia elétrica gratuitamente a 10 milhões de moradores do meio rural até dezembro de 2008. O programa Luz para Todos teve início em novembro de 2003, desde então é coordenado pelo Ministério de Minas e Energia (MME) e operacionalizado pela Eletrobrás com a execução das concessionárias estaduais e cooperativas de eletrificação rural.
O Luz para Todos já beneficiou 8,4 milhões de pessoas, o equivalente à população da Bolívia. O avanço do programa iluminou o mapa da exclusão elétrica no Brasil, sobretudo nas regiões mais pobres do País.
Em 2003, as famílias sem acesso à energia eram majoritariamente de baixa renda e residiam nas localidades de menor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH). Cerca de 90% dessas famílias tinham renda inferior a três salários-mínimos e 80% delas viviam no meio rural. Por conta disso, ao lançar o Luz para Todos, o Governo Federal deixou claro que, mais do que levar energia elétrica às residências, o programa deveria funcionar como vetor de desenvolvimento social e econômico das comunidades atendidas, contribuindo para a redução da pobreza e aumento da renda familiar. Outra determinação era fazer do Luz para Todos um fator de integração dos programas sociais do governo federal, ao viabilizar indiretamente o acesso a serviços de saúde, educação, abastecimento de água e saneamento.
Além do vetor social o programa abrange também o vetor ambiental, sugerido em 2004 por diretores da Eletronorte, via Projeto Colméia (já relatado pelo Mixidéias) produzido por Clayton Fernandes, consultor empresarial do setor de energia renovável, na época membro integrante da diretoria de comunicação social da empresa BBT Energia Ltda. - Sócia da tecnologia TS (TurboSilva - Turbinas para geração de energia elétrica, com aplicação em Pequenas Centrais Hidrelétricas / PCHs. O TS foi criado e desenvolvido pelo Almirante Othon Luiz Pinheiro da Silva).
LUZ PARA TODOS
Em números (agosto/2008)
Abrangência: 26 Estados
Total de beneficiados: 8,4 milhões
Total de ligações: 1,6 milhão
Empregos: 253 mil diretos e indiretos
Novos transformadores: 599 mil unidades
Postes instalados: 3,9 milhões de unidades
Cabos elétricos: 747 mil quilômetros
Investimentos: R$ 8,1 bilhões contratados
Fontes: SECOM, Ministério de Minas e Energia, Clayton Fernandes. By Ton.

Divulgue o seu blog!