20090203

O General Dwight D. Eisenhower tinha razão!

“Que se tenha o máximo de documentação – façam filmes – gravem testemunhos – porque há de vir um dia em que algum idiota se vai erguer e dizer que isto nunca aconteceu”,
General Dwight D. Eisenhower.

E o general tinha razão, agiu como uma espécie de profeta moderno, uma vez que dias atrás o Papa Bento XVI reabilitou o Bispo de Roma Richard Williamson, de origem britânica, que fez uma série de declarações nas quais nega o alcance total do holocausto, como afirma a maioria dos historiadores.

Williamson declarou: "creio que as evidências históricas estejam principalmente contra o dado de que seis milhões de pessoas foram deliberadamente envenenadas nas câmaras de gás, como política deliberada de Adolf Hitler".
Como pode o Vaticano aceitar tamanha blasfêmia contra a história da humanidade. Será que o horror da Segunda Guerra Mundial ainda incomoda a posição de abstinência e neutralidade institucional do "Império Papal" do século XX?
Congratulações e condolências aos Padres, Bispos e Membros católicos que foram contra a posição de Hitler e apoiaram no refúgio e guarde de centenas de vidas de Judeus, Gays, Cristãos, Ciganos, entre outros grupos étnicos e religiosos que foram perseguidos pela Alemanha Nazista.

Anti-semitismo nunca mais!!!!!!

By. Clayton Fernandes.

Divulgue o seu blog!