20091207

O amanhã se realiza hoje! COP15 - O Brasil em evidência

Copenhague - A 15ª Conferência das Partes (COP-15) da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima se inicia hoje na Dinamarca e se estende até 18 de dezembro. A reunião internacional de chefes de estado deve ser o principal evento mundial sobre clima, no fechamento da primeira década desse início de século, que definirá o futuro ambiental do planeta. Os líderes mundiais precisam chegar a um acordo que diminua o aquecimento global, causado principalmente pela emissão de gases de efeito estufa.

“The clock has ticked down to zero,” said the United Nations’ climate chief, Yvo de Boer. “After two years of negotiation, the time has come to deliver.”
From now until Dec. 18, delegates will try to hammer out some of the most vexing details involved in the pursuit of a global climate accord. Among these are broad cuts in greenhouse gas emissions — particularly from big polluters like the United States and China — and a commitment from wealthy nations to deliver what could ultimately be hundreds of billions of dollars in financing to poor countries, who argue that they are ill equipped to deal with a problem they did little to create.
Several countries announced new emissions goals in the days leading up to the meeting, including China, Brazil, the United States, India and South Africa — although many participants have noted that the targets are far too low to keep rising temperatures in check in coming decades", Source NYTimes.com.

Os países desenvolvidos e em desenvolvimento precisam mudar suas políticas de crescimento econômico que ainda insistem em degradar o meio ambiente em prol ao progresso e lucro. O novo modelo de desenvolvimento econômico e social deve pautar a redução de uso de combustíveis fósseis, o aumento de geração de energias limpas e renováveis, a diminuição do desmatamento das florestas e a transformação de habitos e atitudes de consumos do velho capitalismo do século XX.
Nações reticentes em adotarem metas de redução de poluição climática, como Estados Unidos e China, maiores poluidores mundiais de gases tóxicos ao meio ambiente, se vem pressionadas pela opinião pública mundial e em específico pela política brasileira de apresentar sua meta de redução de deflorestamento em até 38% em 2020. Para tanto, Barack Obama, presidente dos EUA, muda de ideia e deve ir até Copenhague para apresentar a meta americana de 17% de redução nos índices de poluição, seguido pela China que também irá a Dinamarca expor sua intenção de reduzir emissão de gases poluentes em 40% até 2050.
Tomara que a conferência COP15 NÃO SE TORNE UM PÚLPITO DE DISCURSOS POLÍTICOS VÃOS. O mundo necessita urgente de uma ação enérgica por parte dos chefes de estados, para que as crianças do amanhã não herdem um mundo devastado, seco, árido e com a sua natureza morta, com a presença de chuvas ácidas a lá Blade Runner e tornados a lá Twister, ou mesmo um lugar repleto de eventos naturais com tsunamis, terremotos, enchentes e degelos em massa, representados no cinema americano pela película 2012 . É HORA DE AGIR! Acerte seu relógio com a campanha Tick Tack e fique por dentro da nova ordem mundial. Acompanhe o Mix Ideias. By Clayton Fernandes.

See more topics special consulting the Mix Ideias from Copenhagen COP15.
Source: NY Times.

Divulgue o seu blog!