20110505

GERONIMO e - KIA

"Foram os 38 minutos mais intensos da minha vida", afirmou a secretária de Estado americana, Hillary Clinton, ao comentar a operação que matou o líder da Al-Qaeda, Osama Bin Laden, no Paquistão.

"Foi uma operação segundo as máximas normas de profissionalismo", disse a secretária, para quem "Bin Laden era o inimigo jurado dos Estados Unidos e um perigo para a humanidade inteira".

"Os crimes que cometeu provocaram milhares de mortes, sobretudo de muçulmanos".

"Sua ideologia estava impregnada de violência e, felizmente, é rejeitada nos acontecimentos atuais no Oriente Médio e norte da África, onde as pessoas protestam pacificamente", conclui Hillary. Fonte: AFP. By Ton.

Divulgue o seu blog!